Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Denarc prende americano e brasileira com cocaína

Policiais federais, agentes da Receita Federal e investigadores do Departamento de Investigações Sobre Narcóticos (Denarc) prenderam nesta terça-feira, no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, o californiano Ruben Martinez, de 53 anos, ex-combatente do Vietnã, com 8 quilos de cocaína, e a brasileira Luiza dos Santos Silva, de 17, com 1,5 quilo da droga.Martinez tentava embarcar num vôo da Swissair para Pristina, na Iugoslávia, com escala em Zurique, na Suíça, quando foi preso pelos federais. A droga estava em frascos de creme de barbear e garrafas de vinho.Já Luiza levava a cocaína na calcinha e tentava viajar para a África do Sul quando foi presa pelos policiais do Denarc. Desempregada, grávida de seis meses e moradora de Jacarepaguá, no Rio, Luiza disse que estava a serviço de um nigeriano que conheceu num bar da Barra da Tijuca.Ela já viajara antes levando drogas para a África do Sul. Revelou ter recebido a calcinha "especial" com a droga no Rio. Viajou de carro para São Paulo com o nigeriano, que a deixou num flat e depois a levou ao aeroporto.O Denarc apreendeu 140 quilos de maconha na favela Americanópolis, na zona sul de São Paulo, e prendeu o traficante Kléber Alexandre de Freitas, de 20 anos. Os policiais estavam vigiando Freitas havia 15 dias.No fim da noite desta terça-feira, os investigadores prenderam o jovem no beco da Rua Delfino Facchina no momento em que ele entregava 4 quilos da droga a um policial. O restante da maconha estava numa casa ao lado da favela. (Ricardo Valota, Ellen Fernandes e Renato Lombardi)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.