Denarc prende modelo com 103 comprimidos de ecstasy em SP

A modelo Lílian Cabanas Gouvêa, de 25 anos, foi presa em flagrante por investigadores da 4ª Dise do Departamento de Investigações Sobre Narcóticos (Denarc), por volta das 22 horas de quinta-feira, em frente ao Hotel Hilton, na Praça daRepública, no centro de São Paulo, com 103 comprimidos de ecstasy.A modelo era investigada pelo Denarc há alguns dias. Na noite de ontem, o serviço de inteligência descobriu que ela estaria presente na entrega de um lote da droga e ficou de campana no local. As pastilhas foram encontradas dentro do Honda Prelude vermelho da modelo, sobre o banco de passageiros. Ela nega ser dona da droga.De acordo com o Denarc, a modelo, da agência Táxi Agency, já foi capa de revistas como Mulher de Hoje, Fotografe Melhor, fez publicidade de roupas íntimas e outros ensaios publicitários. Segundo os policiais, ela ficou chocada ao ser presa em flagrante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.