Dentista é morta com tiro na barriga em Campinas

A dentista Sandra Tango, de 28 anos, morreu ao ser atingida por um tiro na barriga, durante um assalto ontem à tarde em seu consultório, no Jardim Nossa Senhora Auxiliadora, em Hortolândia. Sandra vivia em Campinas, mas trabalhava na cidade vizinha. Ela estava atendendo um paciente quando três homens armados entraram na sala e exigiram a chave de seu carro, um Ka vermelho. A dentista levantou para pegá-la e foi ferida por um tiro na barriga. Os assassinos fugiram sem levar o automóvel e acabaram roubando outro veículo, um Uno, na frente de uma escola, a alguns metros do consultório. Sandra foi socorrida, mas morreu por volta das 20h de ontem no Hospital de Sumaré. Ela foi enterrada à tarde em Campinas. A polícia localizou o Uno roubado em Paulínia, hoje de manhã. Mas não tinha pista dos assassinos até o final da tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.