Denunciados 14 PMs por abusos sexuais no RS

Um grupo de 14 policiais militares foi denunciado à Justiça Militar do Rio Grande do Sul nestaquarta-feira por abusar sexualmente de uma adolescente de 15 anos e de uma amiga dela. A promotora Eliane Ribeiro Portela, do Ministério Público Militar, enquadrou 13 soldados por ato libidinoso e um por estupro. Uma das menores e a mãe dela, que prestaram a queixa, estão sob a guarda do Programa Estadual de Proteção a Testemunhas. A outra menina optou por não acusar os militares.A investigação começou em fevereiro deste ano e apurou que, desde 2000, os policiais militares aproximavam-se das garotasoferecendo carona para elas na saída da escola, em Triunfo, um município de 22 mil habitantes, a 75 quilômetros de PortoAlegre. As agressões teriam ocorrido dentro dos carros de patrulhamento e nas instalações da Companhia de Policiamento de Triunfo.O inquérito entregue à corregedoria-geral da Brigada Militar no final de maio também apontou indícios de que o mesmo grupoabusou de outras adolescentes e participou de crimes como assaltos e tráfico de drogas.Os envolvidos foram afastados da corporação no dia 1º de julho. O crime de ato libidinoso, em que a agressão não chega ao ato sexual, prevê pena de seis meses a um ano de prisão. Oestupro é punido com três anos a oito anos de detenção. Os nomes dos acusados não foram divulgados pelo Ministério Público Militar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.