Depoimentos de Freud e Lacerda são adiados para esta sexta-feira

Os depoimentos de Hamilton Lacerda, ex-chefe da campanha de Aloizio Mercante, e de Freud Godoy, ex-assessor especial da presidência e amigo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, supostamente envolvidos com o caso dossiê Vedoin, serão realizados nesta sexta-feira, 29.Os depoimentos, que eram aguardados para esta quinta, serão tomados pelo delegado responsável pelo caso, Diógenes Curado. Também deve acompanhar as declarações o promotor do Mato Grosso Mario Avelar, responsável pelas investigações da máfia dos sanguessugas. Avelar deve chegar a São Paulo na noite desta quinta.Freud teve sua prisão temporária decretada, mas ela só pode ser cumprida 48 horas após a realização das eleições.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.