Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Depósito onde caminhões explodiram era clandestino

O depósito onde dois caminhões-tanques explodiram na noite de terça-feira em Paulínia era clandestino e estava sendo investigado por adulteração de combustíveis pela Polícia Civil. As três pessoas feridas na explosão permanecem internadas no Hospital de Limeira. Fiscais da Agência Nacional de Petróleo (ANP) estiveram hoje no depósito, conhecido como distribuidora Essenciálcool, e apreenderam os equipamentos. Além de adulteração de combustíveis, os proprietários da Essenciálcool irão responder por lesão corporal grave e crime contra o meio ambiente.A Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) de Paulínia determinou a paralisação de atividades no local e aplicou duas advertências à distribuidora. Segundo o delegado de Paulínia Tadeu Brito de Almeida, no dia 15 do mês passado ocorreu no depósito uma apreensão de 90 mil litros de combustíveis adulterados e três carretas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.