Deputado com carteira cassada vai transferir carros

O deputado federal pelo PT, Durval Lopes Orlato, da cidade de Jundiaí, é um dos 25 mil motoristas no Estado de São Paulo que tiveram a carteira de motorista cassada pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O deputado federal disse que já recorreu das multas, mas não obteve resposta. Orlato afirmou que não vai mais dirigir, passando o volante para a mulher e o filho. Em Brasília, usará táxis. "Eu vou recorrer e transferir os carros, para não deixar mais no meu nome", disse.Orlato disse ter levado sete multas de trânsito durante a campanha para a Câmara Federal. Ele possui três carros, que eram utilizados por sua equipe. Das sete infrações, ele admite ter cometido duas, pessoalmente, por excesso de velocidade, no segundo turno, quando fazia campanha para o então candidato Luiz Inácio Lula da Silva, e mais uma ao exceder o tempo de permanência na Zona Azul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.