Deputado diz que vai se desculpar com ex-ministra

O deputado Aldo Rebelo (PC do B-SP) admitiu ontem, em Maceió, que exagerou na discussão com Marina Silva, na quinta-feira, durante a votação do Código Florestal. Ele acusou o marido da ex-ministra, Fábio Vaz de Lima, de envolvimento com o contrabando de madeireiros. "Sei que peguei pesado e vou ligar para ela para desfazer esse mal-entendido", afirmou. Aldo esclareceu que ficou irritado quando soube que Marina havia postado no Twitter uma mensagem afirmando que ele teria apresentado um novo texto com "novas pegadinhas". "De cabeça quente, eu lancei mão dessa denúncia, mas confesso que só tomei conhecimento da denúncia pela imprensa. Vou ligar para Marina para me explicar."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.