Deputado do PP confirma encontro com Negromonte

O deputado João Pizzolatti (PP-SC) confirmou, em entrevista ao site da revista Veja, que participou de uma reunião com o ministro das Cidades na semana passada - desmentindo a defesa feita por Mário Negromonte. Pizzolatti, no entanto, negou que o ministro tenha oferecido uma mesada de R$ 30 mil para garantir a adesão de deputados a sua ala dentro do partido.

, O Estado de S.Paulo

25 Agosto 2011 | 00h00

No sábado, Negromonte havia negado a realização de "reunião partidária dentro das dependências do Ministério das Cidades".

Sob pressão, o ministro tem dado declarações polêmicas sobre a briga de facções no PP. Ao jornal O Globo, disse que, se o partido continuar dividido, corre o risco de perder o comando da pasta. "O que acontece é que a bancada do PP começou a se digladiar. Então vai o meu alerta: em briga de família, irmão mata irmão, e morre todo mundo."

Na terça-feira, em entrevista a uma rádio de Salvador, chegou a afirmar que a briga interna no partido terminaria "em sangue".

Longe da esfera partidária, pesa sobre o ministro o fato de ter liberado verba milionária para a cidade da qual sua mulher, Ena Wilma, é prefeita desde 2009. Glória, cidade de 14 mil habitantes na Bahia, recebeu R$ 2 milhões nos últimos dois meses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.