Deputados pedem mais rigor no caso L.

Em relatório preliminar da comissão externa da Câmara que acompanha o caso da garota presa com mais de 20 homens em Abaetetuba (PA), a coordenadora, deputada Luiza Erundina (PSB-SP), diz que o Estado tem tomado providências, "porém de forma pontual e dispersa". O relatório propõe afastamento das autoridades envolvidas, a demolição da delegacia e a inclusão na pauta de votações do Congresso de projetos que endurecem as penas para violação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.