Deputados pedem prorrogação dos trabalhos da CPI do Apagão

Caso pedido seja aprovado, deputados terão mais dois meses de trabalho para investigar a crise aérea

João Domingos, do Estadão,

31 Julho 2007 | 14h55

Os deputados Wanderley Macris (PSDB-SP) e Otávio Leite (PSDB-RJ), autores do pedido de criação da CPI do Apagão Aéreo, apresentaram nesta terça-feira, 31, um requerimento de prorrogação dos trabalhos da CPI por mais 60 dias. Pelo cronograma original, os trabalhos seriam encerrados no dia 31 de agosto. Agora, se a CPI for prorrogada, os trabalhos devem terminar em 1º de outubro.   Macris afirmou que, "faltando apenas um mês para o encerramento dos trabalhos pelo calendário original, há muita coisa para se apurar." O deputado deu como exemplo o acidente com o Airbus da TAM, que caiu no Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, no dia 17 de julho. O requerimento de prorrogação terá que ser votado ainda pelo plenário da Câmara.

Mais conteúdo sobre:
CPI do Apagão vôo 3054

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.