Desabamento causado por chuva mata criança em Jundiaí

Uma criança de seis anos morreu e um bebê de seis meses está em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Universitário de Jundiaí, interior de São Paulo, após desabamento ocorrido na noite de quarta-feira, 3, no bairro da Colônia, por causa da chuva forte registrada na cidade. Uma mulher também foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros em Várzea Paulista, após deslizamento de terra atingir sua casa, no Jardim Felicidade.Segundo informou a coordenadora da Defesa Civil de Jundiaí, Sônia Rossi, o cômodo em que estavam as crianças ficou coberto com a terra de um barranco que deslizou por causa da chuva forte. As crianças foram retiradas do local pelos bombeiros. "A moradia era muito precária", afirmou. Os pais da criança foram para a casa de familiares e não foram localizados na tarde de ontem.A Defesa Civil de Jundiaí registrou acúmulo de pelo menos 90 milímetros de chuva nos últimos três dias. Os locais em que a chuva atingiu índices acima dos 80 milímetros estão em estado de atenção ou alerta.De acordo com o coordenador regional da Defesa Civil, Sidney Furtado, Jundiaí está em estado de alerta. As cidades de Várzea Paulista, Campo Limpo Paulista e Valinhos estão em estado de atenção. Em Atibaia, o córrego Ribeirão da Folha Larga transbordou e atingiu moradias de 150 famílias. Em Campinas, a Defesa Civil registrou 17 pontos de alagamento, na região sudoeste da cidade.InundaçõesAs chuvas torrenciais que caíram na região entre a noite de quarta-feira e a manhã desta quinta-feira, 4, elevaram o nível de rios e córregos e inundaram pelo menos 50 casas em Sorocaba, a 92 km de São Paulo. O Parque das Laranjeiras e o Jardim Santo André II, os bairros mais atingidos, tiveram ruas e casas alagadas pela inundação de um córrego que corta os bairros. Assim que a água começou a entrar nos lares, os moradores refugiaram-se em residências de vizinhos e parentes.Não houve tempo para remover móveis, roupas e alimentos, que acabaram se perdendo na enxurrada. Uma família do Parque Vitória Régia foi levada para um albergue. As águas de um córrego atingiram casas também nas vilas Barão e Itanguá II. A prefeitura e a Defesa Civil mobilizaram equipes para atender as famílias atingidas.A Guarda Municipal deslocou quatro bases móveis nos bairros para socorrer os moradores. Foram registrados alagamentos em Votorantim, cidade da região, atingindo casas no bairro da Chave. Uma nova queda de barreira interditou ontem a Rodovia Santos Dumont (SP-79), no quilômetro 181, entre Tapiraí e Juquiá. Máquinas do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) desobstruíram parcialmente a pista. A Polícia Rodoviária Estadual recomendava aos motoristas que evitassem a estrada no período de chuvas, pois havia risco de novos deslizamentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.