Desabamento em micareta deixa 60 feridos no interior de SP

17 pessoas continuam internadas, dois em estado grave, após acidente em show do Chiclete com Banana

AE e Valéria Rossi,

22 Novembro 2009 | 14h46

Camarotes são desmontados, após desabamento; shows das bandas Eva e Tomate foram cancelados

 

SÃO PAULO - Cerca de 60 pessoas ficaram feridas, duas em estado grave, durante show da banda Chiclete com Banana, às 0h450 deste domingo, 22, em uma micareta na cidade de São José dos Campos, a 91 km de São Paulo. Segundo o Corpo de Bombeiros, uma parte do camarote montado para o evento São José Folia desabou. Às 17h30, dezessete pessoas continuavam internadas.

De acordo com a secretaria de saúde municipal, duas vítimas que tiveram lesões na coluna foram transferidas, em estado grave, para hospitais de São Paulo. Uma delas era uma garota de aproximadamente 16 anos, que deve passar por cirurgia ainda neste domingo no Hospital Albert Einstein.

 

Duas vítimas com fraturas no calcanhar continuam internadas no Pronto Socorro Municipal da Vila Industrial, em São José dos Campos.

 

Toda a estrutura para a festa foi montada dentro da Universidade do Vale do Paraíba (Univap).

 

A MKR Eventos, uma das empresas responsáveis pela organização da micareta, divulgou nota oficial em que informa que todos os procedimentos de segurança para a realização do São José Folia foram realizados. 

Ainda assim, 30 boletins de ocorrência relacionados ao acidente foram registrados polícia civil no 1º Distrito Policial da cidade. O fato deverá ser investigado pelos policiais do 8º DP, que já estariam realizando perícias no local.

Segundo o presidente do fã-clube da banda baiana Chiclete com Banana, que tocava no momento do acidente, Marcos Giglio, a queda do camarote ocorreu uma hora após o início do show, que foi retomado meia hora depois. No local havia apenas duas ambulâncias para o atendimento das vítimas e o Corpo de Bombeiros só iniciou o atendimento 30 minutos depois do acidente.

De acordo com Giglio, havia cerca de quatro camarotes diferentes no local. Após o acidente e o resgate dos feridos, apenas um, promovido por um bar da cidade, continuou funcionando. Os outros tiveram as pessoas retiradas.

 

Universidade cedeu o espaço

 

Na nota, A empresa MKR Eventos afirma que "foram atendidas todas as normas exigidas pelas autoridades visando a segurança do público, tendo sido concedidos ao evento todos os alvarás e autorizações pelos órgãos competentes".

A MKR afirma também que os peritos da Polícia Científica e do Corpo de Bombeiros já estiveram no local para avaliar as causas do incidente, e devem apresentar um laudo técnico em 15 dias.

Segundo os organizadores, a Universidade do Vale do Paraíba apenas cedeu o espaço e promete mais informações sobre o fato, somente a partir de quarta-feira.

Mais dois shows, das bandas Eva e Tomate, que aconteceriam na noite deste domingo não serão realizados devido ao acidente.

Com informações de Valéria Rossi e João Carlos de Faria. Texto atualizado às 18:20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.