Desabamento no Extra feriu 40 pessoas

A Defesa Civil do Estado de São Paulo divulgou hoje um balanço com dados sobre o acidente, ocorrido na tarde de ontem no Hipermercado Extra, em São Caetano, cujo teto desabou. No total, 40 pessoas foram atendidas nos hospitais da região, entre elas três crianças e uma mulher grávida. No balanço final, 20 pessoas foram atendidas em virtude de ferimentos e o restante por conta de problemas emocionais. Dez das vítimas ficaram internadas em observação.Aproximadamente 4.000 metros quadrados desabaram de um total de 26.200 metros quadrados do hipermercado, que fica na esquina da Avenida Guido Alibert com Rua Almirante Delamari. No momento do acidente, chovia muito. Para atender os feridos, foram acionados a Defesa Civil do Estado, a Comissão Municipal de Defesa Civil da cidade, a Polícia Militar, a Guarda Civil e o Corpo de Bombeiros.Na operação de resgate e vistoria dos escombros trabalharam 120 bombeiros, mesmo número de policiais militares que agiram para manter a ordem pública e isolar o local, que é acessado apenas pela perícia do Instituto de Criminalística.Estiveram no hipermercado para prestar socorro às vítimas uma viatura da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, 20 do Corpo de Bombeiros, três helicópteros da Polícia Militar, três da Coordenadoria da Defesa Civil de São Caetano do Sul, uma da Coordenadoria da Defesa Civil de Santo André, 18 do policiamento ostensivo e três da Guarda Municipal.Os hospitais que atenderam as vítimas foram Hospitais Maternidade Central, Hospital Infantil, Hospital São Caetano Constantino Miello e o Pronto-Socorro Central Francinete Florência de Souza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.