Desabamento pode ter soterrado van com seis pessoas

O desabamento nas obras da estação Pinheiros, da futura linha amarela do Metrô de São Paulo, pode ter soterrado um microônibus que fazia linha circular Terminal CPTM/Pinheiros (177 Y), da cooperativa Transcooper. Até as 21 horas desta sexta-feira, motorista, cobrador e quatro passageiros que estavam no veículo continuavam desaparecidos.Funcionários da cooperativa informaram que o último registro captado por Sistema de Posicionamento Global (GPS) do veículo foi na Rua Capri, a mesma onde estava estacionado o Fiesta preto do designer Cadu Junqueira, engolido pela cratera. Junqueira não estava no carro no momento do incidente.Segundo a TV Globo, o último sinal do GPS foi captado pelo veículo estando a 28 metros de profundidade, o que poderia comprovar que o microônibus tenha sido soterrado.De acordo com o fiscal Aloisio Joaquim da Silva, que faz parte da cooperativa que presta serviços em transporte público na região oeste da cidade, a van está desaparecida desde às 15 horas, momento em que o desabamento ocorreu.O fiscal informou que tenta contato com o motorista e o cobrador desaparecidos por rádio desde o momento do acidente, mas não obteve resposta. Segundo ele, é praticamente certo que a van foi perdida, mas há esperança de que as pessoas tenham saído do veículo antes que fosse engolido pela cratera.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.