Desaparecimento de menina de 9 anos mobiliza polícia de Tietê

Gabriela Alves teria entrado em um carro vermelho, supostamente para ajudar o motorista a encontrar uma rua; suspeito está preso

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

03 de junho de 2015 | 15h46

SOROCABA - O desaparecimento de uma menina de 9 anos mobiliza a polícia de Tietê, região de Sorocaba, interior de São Paulo. Gabriela Aparecida Alves sumiu no dia 28 de abril, depois de levar dois irmãos menores para a creche. Um suspeito está detido.

Ela foi vista conversando com o motorista de um veículo vermelho, na rua de sua casa, no bairro Cornélio Pires. De acordo com uma testemunha, o homem teria pedido a ela para mostrar onde ficava determinada rua.

A menina teria entrada no carro e não foi mais vista. A mãe, Lucinéia Aparecida Alves, procurou a polícia. O delegado Fernando César Reis, da Polícia Civil, suspeita de crime sexual e pediu ajuda a policiais de São Paulo para auxiliar nas buscas. Imagens de uma câmera mostraram o mesmo carro deixando a cidade em direção a Piracicaba.

Um suspeito, dono de um carro semelhante ao que foi visto por testemunhas, está preso provisoriamente desde a terça-feira. O homem, de 36 anos, nega o crime, mas entrou em contradição, segundo o delegado. O carro foi apreendido e passará por perícia.

A Polícia Militar da capital utilizou cães farejadores na tentativa de encontrar vestígios da criança no sítio do suspeito, próximo da cidade. Até a tarde desta quarta-feira, 3, nada tinha sido achado. Familiares espalharam cartazes com foto da menina pelo bairro.


Tudo o que sabemos sobre:
Tietê

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.