Descoberta fábrica de CDs piratas em São Paulo

A Polícia Civil descobriu esta manhã uma fábrica clandestina de CDs que abastecia 80% do material pirateado vendido no comércio da Avenida Paulista e do Largo 13 de Maio, na região de Santo Amaro, zona Sul de São Paulo. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública, o laboratório funcionava na Rua Nestor Sampaio Penteado, 11, em Cidade Ademar, na zona Sul de São Paulo. No local, foram apreendidos quatro computadores com capacidade para copiar 12 CDs ao mesmo tempo, três mil discos já gravados, outros 1.500 virgens, quatro mil matrizes e uma impressora usada na fabricação dos encartes. Evandro Bernardo Pereira, de 25 anos, foi preso em flagrante e presta depoimento no 43º Distrito Policial de Cidade Ademar, onde o caso está sendo registrado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.