Desempregado mata cinco filhos da ex-companheira

O desempregado Gerson Luiz Silveira de Lacerda Júnior, de 18 anos, matou hoje cinco crianças e feriu uma a facadas, em Viamão, na Grande Porto Alegre. Todas são filhas da ex-companheira do rapaz, a catadora de papel Alda Carvalho, de 36 anos.Preso pouco depois dos crimes, o matador confessou que agiu por ciúme, porque Alda havia decidido romper o relacionamento que mantinha com ele havia oito meses. A frieza do depoimento surpreendeu a delegada Jane Marli Pereira. "Ele estava consciente de suas ações e não deixou nenhuma emoção visível", disse. Diante da insistência dos policiais, que queriam encontrar explicações, Lacerda Júnior chegou a falar "ah matei" como quem diz "deixa isso pra lá".Logo que souberam dos assassinatos, diversas pessoas começaram a cercar a delegacia de Viamão. Temendo uma possível tentativa de linchamento, os policiais transferiram o depoimento para a Delegacia Especial de Investigações Criminais de Porto Alegre. Lacerda Júnior não tinha passagens pela polícia. Segundo vizinhos, ele gosta de artes marciais e de ouvir rock em volume alto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.