Desentendimento em quadrilha termina com 3 presos

Um desentedimento entre os integrantes de uma quadrilha de ladrões de carga facilitou a prisão de três assaltantes, entre eles um menor de idade, no início da noite de ontem em Osasco, na grande São Paulo.Às 18h30, no interior de uma residência de Vila Menke, Osasco, Norberto Silva Araújo, 26, armado com um revólver calibre 38, foi baleado pelos próprios comparsas e depois levado por desconhecidos ao pronto-socorro do Hospital Antonio Giglio.Uma hora depois, os policiais militares receberam a denúncia de que o grupo que havia baleado Norberto estava escondido dentro de uma casa também em Vila Menke. Quando a polícia chegou, três suspeitos correram para os fundos da casa na tentativa de fugir, mas acabaram presos.Clédson Pereira da Silva, 26, o menor L.A.S., de 16 anos, e Paulo José de Souza Costa, 18, fazem parte de uma quadrilha responsável pelo roubo de oito computadores e uma máquina de embalagem a vácuo da empresa de alimentação Newfish, em Osasco.Com o trio, os policiais encontraram uma garrucha calibre 28. Levados à Delegacia Seccional de Osasco, os bandidos confessaram que outra arma, um revólver calibre 38, estava em posse de Queli Cristina Correa Marossi, de 21 anos, numa outra casa de Vila Menke.Ainda não foi divulgado se a jovem teria sido indiciada ou não por porte ilegal de arma. Clédson e Paulo José foram autuados por tentativa de homicídio, roubo, formação de quadrilha e corrupção de menores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.