Deslizamento de terra mata 3 no interior paulista

Três pessoas morreram e duas outras estão desaparecidas em conseqüência das chuvas que atingem, desde domingo, a região de Sorocaba, a 92 quilômetros de São Paulo. Em Itapetininga, o soterramento de um barraco matou Maria Neusa Pereira, a filha, Tainara Pereira, de 3 anos, e o avô da menina, Juvenal Rodrigues Pereira, no Jardim Casa Grande. O barraco foi atingido por um deslizamento, na noite de domingo. Os corpos foram encontrados hoje.Em Ribeirão Grande, as polícias vasculham rios e córregos, atrás de dois corpos que sumiram nas enxurradas. As águas do rio que leva o nome da cidade subiram e desabrigaram várias famílias.Em São Miguel Arcanjo, 48 passageiros entre adultos, crianças e idosos que estavam em um ônibus de excursão foram resgatados pelo helicóptero da Polícia Militar e barcos do Corpo de Bombeiros depois que o córrego Capão Rico subiu mais de três metros. O motorista parou na cabeceira da ponte porque a água havia invadido a pista. A água subiu muito rápido, chegando a atingir o retrovisor do ônibus. Os passageiros subiram no capô do veículo até a chegada de socorro. Ninguém ficou ferido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.