Deslizamento de terra mata garoto no interior de SP

O garoto José Maria do Nascimento, 3 anos, morreu na madrugada de segunda-feira, 22, vítima de soterramento, no Parque Internacional, bairro de Campo Limpo Paulista, interior de São Paulo. O garoto ficou internado na UTI do Hospital Universitário, em Jundiaí, do início da tarde de domingo até a 1h10 desta segunda. Ele foi a terceira criança vítima de soterramento na região, desde o início de janeiro. "Perdi tudo o que eu tinha. Talvez por uma imprudência, talvez porque Deus tenha decidido assim, mas agora não há nada que preencha esse vazio", disse ontem a dona de casa Severina do Nascimento, mãe da criança, durante o velório. Ela estava em casa na hora do acidente. "Deu tempo de eu ouvir o barulho e virar para ver o que era. Comecei a cavar com as mãos, mas não conseguia vê-lo", disse. Severina só tinha esse filho. O deslizamento ocorreu às 10h15 de domingo. A dona de casa Sonia Dorello, vizinha de Severina, estava na rua e viu o barranco cair sobre o cômodo em que vivia a família. O pai da criança não estava em casa. As duas mulheres gritaram por socorro. Segundo vizinhos, às 10h45 policiais e vizinhos conseguiram tirar o menino com vida da terra e pedaços de concreto. Ele foi levado ao pronto-socorro da cidade e depois, para Jundiaí. Nesta segunda, a equipe de fiscalização da Prefeitura de Campo Limpo interditou outras duas casas no Parque Internacional e encaminhou as famílias ao ginásio São José, para o abrigo municipal das famílias vítimas das chuvas do início deste ano. Outras quatro famílias foram orientadas a deixarem suas residências, no mesmo bairro. Segundo informou o coordenador regional de Defesa Civil da região de Campinas, Sidney Furtado, Campo Limpo Paulista e Jundiaí estão em estado de alerta. Outras duas crianças morreram na região neste mês por causa dos estragos causados pelas chuvas fortes. Carlos Daniel Catarino, de 6 anos, e Gustavo Henrique Catarino, de 6 meses, estavam dormindo em casa, no bairro da Colônia, em Jundiaí, quando o barranco atrás da casa da família desabou sobre a parede do cômodo em que eles estavam. O mais velho morreu horas depois do acidente e o bebê passou uma semana na UTI do Hospital Universitário. Matéria alterada às 19h55 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.