Deslizamento mata 3 pessoas em Juiz de Fora

O Corpo de Bombeiros de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, resgatou na tarde desta segunda-feira os corpos de três pessoas da mesma família que morreram soterradas em conseqüência de um deslizamento de terra, na noite do último sábado.Os corpos do chaveiro José Gonçalves Alves, de 44 anos, de sua mulher, Lucimar Gomes GonçalvesAlves, e do filho do casal, Tiago Gomes Gonçalves, de 19 anos, foram localizados apósquase 40 horas de buscas.Essas foram as primeiras vítimas das chuvas de dezembro em Minas Gerais. Quatrocasas de uma encosta no bairro Graminha desabaram. Mais de 40 famílias que moramno local foram obrigadas a deixar a encosta e estão abrigadas em uma escola dacidade.Durante as buscas, na manhã de domingo, um novo deslizamento do barranco soterrouo soldado do Corpo de Bombeiros, Rogério Praxedes Almada, que trabalhava noresgate. Ele ficou debaixo da terra por cerca de 10 minutos, mas foi salvo peloscolegas. O soldado teve escoriações pelo corpo e traumatismo nos braços. Ele foiinternado no Hospital Cotrel, mas seu estado era considerado "estável".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.