Deslizamento soterra 20 barracos no Rio

Vinte barracos foram soterrados no início da manhã de hoje em um deslizamento de terra no morro do Turano, na zona norte do Rio. Cerca de 120 pessoas ficaram desabrigadas, mas não houve feridos porque o Corpo de Bombeiros conseguiu retirar os moradores de suas casas horas antes do deslizamento.Os desabrigados foram levados para uma escola na Tijuca (mesmo bairro do Turano). A Defesa Civil do Estado isolou a área onde ocorreu o deslizamento e identificou outros 30 barracos localizados em áreas de risco, mas os moradores se recusavam a deixar suas casas. A copeira Edilaine Rodrigues da Silva, uma das desabrigadas com o deslizamento, ajudava a convencer os moradores que teimavam em não deixar suas casas. "À noite, os bombeiros levaram toda a minha família (11 pessoas) para a casa de vizinhos. Foi o que nos salvou." A casa onde Edilaine morava não foi completamente destruída, mas está toda coberta de terra e sob a ameaça de despencar do morro a qualquer momento. "Acho que nunca mais poderemos voltar pra lá. A casa está em um lugar de muito risco. Não adianta fazer nada", conta Edilaine, de 27 anos, que morava na casa desde que nasceu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.