Detento algemado e com sonda foge de hospital em Curitiba

O preso Carlos Eduardo de Jesus Leal, de 26 anos, fugiu na madrugada desta sexta-feira de um quarto do Hospital do Trabalhador, no bairro Portão, em Curitiba, para onde tinha sido levado para realizar uma cirurgia. Algemado e usando uma sonda e uma bolsa coletora, ele fez uma corda de lençóis e desceu pela janela do primeiro andar. Até a tarde de sexta-feira o detento não tinha sido encontrado.Segundo a Polícia Militar, apenas um policial fazia a guarda de Leal e teria sido chamado para ajudar as enfermeiras que estavam cuidando de outro preso. Este teria passado mal e seria necessário retirar as algemas para o atendimento. Enquanto isso, Leal, que cumpre pena por tráfico de drogas, preparou a corda e desapareceu. De acordo com a assessoria de imprensa da PM, ele também tinha um problema na perna, sobre o qual não havia mais detalhes.O comando do Batalhão de Guarda instaurou inquérito administrativo para apurar as circunstâncias em que ocorreu a fuga. Segundo a assessoria da PM, o fato de apenas um policial estar fazendo a guarda será um dos temas da investigação. Uma das suspeitas da polícia é de que alguém poderia estar esperando do lado de fora. A direção do hospital, que é administrado pelo Estado, preferiu não comentar a fuga, afirmando apenas que havia uma cirurgia marcada para esta sexta-feira e ela não foi realizada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.