Detentos ainda não entregaram as armas em Ribeirão das Neves

Os detentos do presídio José Maria Alckimin, em Ribeirão das Neves (MG), ainda não entregaram as armas de fogo. Segundo a GloboNews, os agentes penitenciários se recusam a voltar ao trabalho alegando falta de segurança, e a Polícia Militar está fazendo a guarda do lado de fora do presídio. As visitas foram liberadas, mas só para mulheres e crianças.Os presos se rebelaram na sexta-feira, e fizeram reféns 15 agentes penitenciários e um médico. O motim foi encerrado ontem.

Agencia Estado,

03 de novembro de 2002 | 13h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.