Detentos libertam refém e se rendem em Erechim

A rebelião no Presídio Estadual de Erechim terminou por volta das 11 horas desta terça-feira, 25, com a rendição dos cerca de cem detentos revoltosos. Pelo acordo firmado com a Brigada Militar, o agente penitenciário que era mantido como refém foi libertado e cinco líderes dos presos serão transferidos para uma penitenciária de Passo Fundo. A rebelião começou às 14h30min de segunda-feira, 24, e durou quase 21 horas. Segundo a Superintendência de Serviços Penitenciários do Rio Grande do Sul, o motivo da revolta foi a descoberta pela polícia de um plano de fuga do presídio. Houve tumulto e queima de colchões na tarde de segunda-feira, que resultaram na morte de um preso, cuja identidade ainda não foi revelada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.