Detentos rebelados fazem dez reféns em São Vicente

Os presos da penitenciária II, de São Vicente, na Baixada Santista, estão rebelados desde as 9 horas da manhã. O número de reféns ainda não foi informado, mas há pelo menos dez funcionários nas mãos dos detentos. Não há informação sobre feridos.O tumulto teria começado quando um grupo de detentos tentou invadir a área em que são mantidos os presos ameaçados de morte para acertar contas com um suposto rival, ainda não identificado, segundo informações iniciais da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária.A diretora-geral da unidade, Gislaine Fernandes, e o diretor da coordenação de unidades prisionais da região, Luís Carlos Catirse, participam das negociações. Nenhuma reivindicação foi entregue pelos presos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.