Detentos rebelados mantêm quatro reféns em Jundiaí

Presos da Cadeia Pública de Jundiaí, a 60 quilômetros da capital, estão rebelados e mantêm pelo menos quatro policiais como reféns na tarde desta quarta-feira, dia 22. De acordo com informações da Rádio Eldorado AM, o motim já dura três horas. A Tropa de Choque de Campinas está a caminho do local. Rebeliões no EstadoNesta semana, cinco penitenciárias paulistas enfrentaram rebeliões de detentos. Num balanço da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), essa série de levantes de presidiários envolveu 5.055 detentos e fez 55 funcionários reféns. O número total de feridos chegou oficialmente a 19.Segundo a SAP, as rebeliões em Caiuá, na região de Presidente Prudente, de Franco da Rocha, de Mauá e de Mogi das Cruzes foram "uma resposta" dos internos ao ocorrido, na noite de segunda, na penitenciária de Iperó, ocupada pela Tropa de Choque. Os policiais disparam bombas de efeito moral e balas de borracha contra os presos rebelados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.