AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Detida quadrilha que resgataria presos em São Paulo

Uma quadrilha que se preparava para resgatar três detentos do 66º Distrito Policial, no Vale do Aricanduva, zona leste da capital paulista, foi presa no início da noite de terça-feira. Dos seis integrantes, cinco são parentes de Michel dos Santos, 21 anos, um dos três homens que seriam resgatados. Os policiais civis do 66º DP conseguiram chegar até a quadrilha graças a uma denúncia anônima. Na casa onde foi feita a prisão foram detidos a mãe de Michael, Sueli Aparecido dos Santos, 45; uma das tias dele, Nilzete dos Santos Pereira Esmeraldo, 32, os tios Marcos Antonio dos Santos, 40 - que já tem passagem por furto -, Elias Néri dos Santos, 30, e Fernando Néri dos Santos, 27. Foi preso também Josuel Gonçalves, 45, o único que não faz parte da família do criminoso. Dentro da residência, os policiais apreenderam uma submetralhadora, dois coletes balísticos - em um deles escrito "Polícia Civil", três brocas para furadeiras, sete celulares, cinco carregadores para celulares, várias munições para pistolas 9mm e 380 mm, 100 gramas de maconha, fios elétricos roubados e um mapa com os desenho do interior da delegacia e dos arredores do Distrito Policial. Na denúncia feita à polícia na manhã de terça, a informação era de que um dos integrantes da quadrilha iria causar um tumulto em uma padaria em frente à delegacia, para assim atrair os policiais. Os demais criminosos invadiriam o Distrito e realizariam o resgate. Os seis detidos foram indiciados por formação de quadrilha, porte ilegal de armas e tráfico de entorpecentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.