Detro destina R$ 31 milhões para revitalizar bondes no Rio de Janeiro

Previsão é de que recuperação do Sistema de Santa Teresa esteja concluída em um ano

Marcela Bourroul Gonsalves, estadão.com.br

19 Setembro 2011 | 16h46

SÃO PAULO - O Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) vai destinar R$ 31 milhões para as obras de recuperação do Sistema de Bondes de Santa Teresa, no Rio de Janeiro.

Os primeiros R$ 20 milhões serão repassados até dezembro e o restante, ao longo de 2012. A previsão é de que todo o serviço de recuperação do Sistema esteja concluído em cerca de um ano.

A recuperação do Sistema de Bondes engloba a troca de trilhos em toda a via permanente com o uso dos bilabiados que, por comprovação técnica, são mais seguros que os contra-trilhos atuais; recuperação de toda a via aérea e do cabeamento elétrico; construção de uma nova subestação; reforma das estações; reativação do Ramal do Silvestre - para interligação com o bondinho do Corcovado - ; reforma de 16 bondes, entre outras. Estão nos planos também a total reforma da Oficina dos Bondes e a revitalização do museu existente em suas dependências, além da instalação de uma escola técnica para atualização e formação de nova mão de obra.

 

Mais conteúdo sobre:
revitalização Rio de Janeiro bondes Detro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.