Devoto de São João quer quebrar recorde construindo fogueira gigante

Uma homenagem a São João quer entrar para o Guiness Book, o livro dos recordes mundiais. Em Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba, o comerciante Álvaro César Bodini, devoto fiel de São João Batista, fará neste sábado, dia do santo, uma fogueira de 70 metros de altura. A festa, na Vila Prado, é realizada por ele já há dez anos, mas a idéia da fogueira gigante nasceu há dois anos. "Inicialmente a fogueira tinha 8 metros, depois, em 2004, 20 metros e agora, são 41 metros de madeira", afirma Bodini.A estrutura foi montada com a ajuda de outras pessoas da comunidade e o trabalho durou cerca de dois meses. Tanta madeira unida mais parece um castelo, com 30 metros de base, onde foram gastos dez caminhões de toras e 170 quilos de pregos. "Tive a ajuda do comércio, de empresas e da prefeitura para montar tudo isso", comemora o comerciante, sem revelar quanto gastou para fazer a fogueira, que será acesa na noite de sábado.A grande estrutura foi construída em uma área afastada do público, de onde também sairão os fogos de artifício. A distância é para garantir a segurança das pessoas. "Nos três dias de festa passam por aqui cerca de 30 mil pessoas. Tenho experiência nessa área e sei das normas de segurança. A brigada de incêndio da prefeitura também estará aqui". De acordo com o comerciante a estrutura já foi avaliada pelo Corpo de Bombeiros.Mas a fogueira não será a única atração da noite, embora seja a maior. "Teremos show da cantora Perla e também uma apresentação teatral, com cinqüenta atores, que conta a vida do santo. E ainda tem uma surpresa", conta animado o comerciante. Os ingressos para a festa custam R$5. "No ano que vem vamos fazer maior ainda. Acho que deste tamanho não há nada igual no país".

Agencia Estado,

24 de junho de 2006 | 00h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.