Dez pessoas morrem em operação policial na Baixada Fluminense

Ao menos 10 pessoas, suspeitas de serem traficantes, morreram nesta segunda-feira durante uma operação da polícia no Morro da Lagoinha, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. "Temos um saldo parcial de 9 mortos e mais um teria morrido depois", disse a inspetora Renata, que trabalha no departamento de Relações Públicas da Polícia Civil do Rio. Segundo ela, a operação resultou na prisão de cinco pessoas e outras cinco ficaram feridas. Armas e veículos roubados também foram apreendidos A polícia foi à favela à procura de um caminhão roubado e, durante as buscas, uma equipe teria ficado encurralada na parte alta da comunidade. "Foi uma ação para reprimir o roubo de cargas e os policiais foram recebidos a tiros", acrescentou a inspetora. Os policiais tiveram que pedir reforços de dois helicópteros para conseguir escapar do cerco. As vítimas foram levadas para o Hospital de Duque de Caxias, mas já teriam chegado mortas ao local. Um suposto traficante baleado no confronto estava sendo operado na unidade, enquanto o inspetor da polícia civil Marcos Luís Gomes Filho --baleado na perna-- foi transferido para uma unidade na zona sul. De acordo com a direção do Hospital de Duque de Caxias, parentes e amigos das vítimas na favela da Lagoinha foram à unidade em busca de informações. Houve tumulto e confusão com policiais que usaram gás de pimenta para dispersar os manifestantes (Por Rodrigo Viga Gaier)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.