Dez vencedores recebem, no Tuca, o 32º Prêmio Vladimir Herzog

IMPRENSA

, O Estado de S.Paulo

25 Outubro 2010 | 00h00

O Instituto Vladimir Herzog entrega hoje à noite, no Tuca, em São Paulo, o 32.º Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, a trabalhos jornalísticos voltados para esses dois temas. Entre mais de 300 concorrentes, de vários Estados brasileiros, o júri escolheu os melhores em dez categorias - jornal, fotografia, livro, revista, rádio, internet, arte, reportagem/ TV, documentário/TV, imagem e categoria especial - que neste ano abordou o tema "Saúde como direito do cidadão". Participam também da promoção entidades como ABI, Comitê Brasileiro de Anistia, Comissão de Justiça e Paz e Sindicato de Jornalistas. Na solenidade, que começa às 19h30, outros quatro trabalhos receberão o 2º prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.