Dezenas de homens procuram bebê em mata no Triângulo Mineiro

Suspeita é que criança, de um ano e 8 meses, estaria perdida ou teria sido raptada em fazenda

RENE MOREIRA, O Estado de S. Paulo

10 Maio 2013 | 23h48

Dezenas de homens da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e até do Exército procuram um bebê que desapareceu de uma fazenda no município de Araguari, no Triângulo Mineiro. Pablo Lucas Pereira, de um ano e oito meses, sumiu no final da tarde desta quinta-feira (9) e até o início da noite desta sexta (10) não havia qualquer sinal de onde possa estar. Uma das possibilidades é que tenha entrado na mata perto da propriedade e se perdido. Outra, é que tenha sido levado por alguém.

Os pais contaram que o menino sempre brincava ao lado da casa e nunca houve qualquer problema. Dessa vez, a mãe Ana Patrícia dos Santos contou que lavava roupas e como não viu o filho, acreditou que estivesse na companhia do pai no curral. Depois, ao notar seu desaparecimento, começou sem sucesso a gritar e procurar pela propriedade.

As buscas nesta sexta (10) ganharam o reforço de 50 soldados do Exército, cães farejadores e de um helicóptero da Polícia Militar. Na região existe uma mata fechada, sendo difícil visualizar o seu interior pelo ar. Por isso, os soldados fizeram uma varredura por terra em um raio de 5 quilômetros ao redor da casa, mas não obtiveram êxito. As buscas prosseguem inclusive durante a noite.

Os pais são caseiros da fazenda e as únicas pistas são pegadas da criança deixadas na terra, perto da porteira. Um pouco à frente passa uma estrada de terra e não está descartada a possibilidade de o menino ter sido pego por alguém que passou de carro pelo local.

Mais conteúdo sobre:
Criança desaparecida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.