Dezenove são presos durante operação no Rio Grande do Sul

Presos são acusados de envolvimento em homicídios, tráfico e porte ilegal de armas

Solange Spigliatti , estadão.com.br

13 Setembro 2011 | 11h41

SÃO PAULO - Dezenove pessoas foram presas nesta terça-feira, 13, em Porto Alegre, durante a Operação Regressus, da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, que teve o objetivo de cumprir mandados de prisão contra acusados de envolvimento em homicídios, tráfico e porte ilegal de armas. Foram apreendidos cinco revólveres calibre .38, uma pistola 9mm, maconha, crack, dinheiro, munições e celulares. A ação aconteceu nos bairros Restinga, na zona sul, e Lomba do Pinheiro, na zona leste de Porto Alegre

 

Cerca de 300 policiais civis em 100 viaturas cumpriram 60 mandados de busca e apreensão e 20 mandados de prisões cautelares. A ação marcou o lançamento do Território da Paz no bairro de Restinga, considerado um dos mais violentos da capital e escolhido como o primeiro a receber o projeto.

 

A operação foi coordenada pelos delegados Arthur Raldi e Luciano Peringer, da 2ª Delegacia de Homicídios e Desaparecidos do DEIC. Apoiaram a ação ainda o Delegado Cléber dos Santos Lima, da 1ª DHD, o GOE, Volantes e policiais civis da região metropolitana. A polícia acredita que 90% dos homicídios registrados recentemente nos dois bairros tenham relação com o tráfico de drogas./COLABOROU ELDER OGLIARI

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.