DF e Goiás usarão Força Nacional contra violência

Os governos do Distrito Federal (DF) e do Estado de Goiás (GO) realizam nesta semana operações conjuntas para combater a escalada da violência nas cidades da Região do Entorno de Brasília. A região concentra bolsões de pobreza com cerca de 2 milhões de pessoas, altas taxas de desemprego e elevados índices de violência. Em reunião concluída no final da manhã desta quarta-feira, 7, no Ministério da Justiça com o ministro Márcio Thomaz Bastos, os governadores do DF, José Roberto Arruda (PFL), e de Goiás, Alcides Rodrigues (PMDB), apresentaram um plano conjunto para a área de segurança pública na Região do Entorno. O plano prevê o emprego da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) e a liberação de cerca de R$ 200 milhões do Fundo Nacional de Segurança Pública para a construção de presídios e para a modernização e o aparelhamento das polícias da região, além de ações preventivas. "Os índices de violência no Entorno são grandes. Nós precisamos ter uma atuação conjunta", afirmou Arruda, ao sair da reunião. Segundo Alcides Rodrigues, embora estejam no Entorno apenas 10% dos municípios goianos, a região concentrou 46% dos crimes registrados em 2006 no Estado. O Entorno é uma das regiões com maior crescimento populacional, incentivado, entre outros fatores, pela proximidade com a capital federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.