Dia da Pendura antecipado termina em delegacia em São Paulo

Um grupo de estudantes de Direito foi encamimnhado na noite desta quinta-feira ao 78º Distrito Policial, dos Jardins, zona sul de São Paulo, após forçar a antecipação do Dia da Pendura, data comemorada no dia 11 de agosto. A tentativa de calote foi foi feita nos restaurantes Rubayat e Lellis Tratotoria. Dezesseis estudantes da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) dividiram-se em três grupos; sendo que dois foram para um dos restaurantes e o terceiro para o outro. Os universitários jantaram nos estabelecimentos e se negaram a pagar a conta, alegando estarem comemorando, antecipadamente, o "Dia do Pendura". De acordo com informações da Polícia Civil, o valor consumido pelos estudantes passou de R$ 1.300 em um único restaurante. Os dois grupos que estavam no mesmo estabelecimento verificaram que não conseguiriam sair sem pagar a conta, então negociaram e foram embora, pagando metade do valor. No outro restaurante, a negociação não funcionou. A polícia foi chamada e os estudantes encaminhados à delegacia, mas liberados logo em seguida. O dono do restaurante registrou um boletim de ocorrência como preservação de diretio e processará os estudantes para tentar receber o valor por eles consumidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.