Dia das Mães beneficia 9 mil presos

Nove mil presos serão beneficiados pela saída temporária do Dia das Mães, segundo estimativa da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) do Estado de São Paulo. Desse número, cerca de 700 deles não devem voltar à cadeia. Isso porque, de acordo com a SAP, a média de detentos que retornam à prisão fica em torno de 92%.Só têm direito a sair do sistema penitenciário os que cumprem pena em regime semi-aberto. Em caso de primários é necessário ter cumprido 1/6 da condenação e reincidentes, 1/4 de pena. O critério de escolha dos detentos que recebem benefício de saída em datas comemorativas ocorre por intermédio de atestado de conduta feito pelo diretor da unidade prisional e de exame criminológico.Os presos têm direito a cinco saídas temporárias. As datas são: Natal ou Ano Novo, Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Pais e Finados ou Dia das Crianças. Cada saída poderá durar até sete dias corridos e o total de dias não pode ultrapassar 35. O detento que não retornar ao presídio no horário estipulado, ou cometer algum crime durante o período que ficou fora, perderá o direito ao benefício e poderá retornar ao regime fechado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.