Dia sem tiroteios demonstra aparente tranquilidade no Rio

Depois de uma madrugada de intenso tiroteio na favela do Metral, em Bangu, na Zona Oeste da capital, as comunidades que vivem nas favelas e morros tiveram um dia de domingo de aparente tranqüilidade. Não houve troca de tiros e conflitos entre soldados do Exército e traficantes que dominam os morros da cidade.Segundo informações da assessoria de imprensa do Comando Militar do Leste, o tiroteio desta madrugada na Favela Metral ocorreu durante manifestação de moradores da localidade, quando dois traficantes armados de fuzis abriram fogo contra os soldados do Exército, que reagiram. Apesar do intenso tiroteio, ninguém ficou ferido.A assessoria de imprensa do Comando Militar do Leste, em função da "mobilidade da operação", não soube precisar o número de morros e favelas onde as Forças Armadas marcam presença neste momento. Adiantou, no entanto, que 1.200 militares continuam envolvidos na operação de rua e outros 400 estão envolvidos na operação de logística.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.