Digitais do caseiro diferem das encontradas na casa

As impressões digitais do caseiro Jossiel Conceição dos Santos, de 20 anos, não combinam com as encontradas na mansão do casal Staheli na época do crime, em novembro do ano passado. A comparação foi feita por peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli e divulgada na noite de ontem.As digitais de Jossiel - que chegou a confessar o crime, foi preso e depois solto por falta de provas e depois negou ter matado o casal - foram comparadas àquelas encontradas pelos locais em que o assassino poderia ter passado ? portas e janelas ?, de acordo com o diretor do ICCE, Roger Ancillotti. Ele informou ainda que o exame de DNA das manchas de sangue encontradas numa camisa que Jossiel disse ter usado no dia do crime fica pronto segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.