Dilma cita Lula 13 vezes em agenda ao lado do padrinho

No primeiro discurso ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva desde que foi eleita, Dilma Rousseff citou o nome de seu padrinho por 13 vezes. Em todas elas, fez um elogio a Lula, que bancou a candidatura, foi o grande cabo eleitoral de Dilma e seu principal eleitor.

João Domingos, O Estado de S.Paulo

01 de dezembro de 2010 | 00h00

O discurso de Dilma foi feito durante a inauguração das duas eclusas na Hidrelétrica de Tucuruí, que permitirá ao Rio Tocantins tornar-ser navegável por um trecho de cerca de 450 quilômetros, entre Marabá, no centro-sul do Pará, e o Porto da Vila do Conde, já nas cercanias de Belém.

Lula, pelo jeito, gostou dos comentários de Dilma. Tanto que, ao fazer o discurso logo depois dela, rasgou elogios a seu próprio governo. Disse que, ao tomar posse, Dilma estará presidindo o País que constrói, no momento, as três maiores hidrelétricas do mundo - Jirau, Santo Antonio e Belo Monte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.