Dilma diz não ver motivo para a censura

A candidata Dilma Rousseff (PT) disse ontem não ver motivos para impedir a publicação de denúncias sobre o governador do Tocantins. "Não teria nenhum problema se noticiar os eventos. A gente tem de conviver com isso."

Eduardo Kattah, O Estado de S.Paulo

28 Setembro 2010 | 00h00

Em Ouro Preto, ela afirmou que o governo está tranquilo em relação às investigações que atingem o aliado, alegando que "foi o governo Lula, através da Polícia Federal, que apurou todas as irregularidades". "Sempre digo que prefiro as múltiplas vozes críticas da democracia ao silêncio da ditadura."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.