Dilma e Serra continuam pedindo contribuições

A campanha presidencial acabou há duas semanas, mas os tesoureiros do PT e do PSDB continuam pedindo doações a empresas para fechar as contas de Dilma Rousseff e José Serra.

, O Estado de S.Paulo

14 Novembro 2010 | 00h00

Como houve segundo turno, a lei estabelece que ambos podem apresentar até dia 30 deste mês a prestação final de contas, com todas as receitas e despesas.

Os dados disponíveis no Tribunal Superior Eleitoral são de setembro. Na época, a campanha de Serra havia arrecadado R$ 26 milhões. Segundo os tucanos, no final do primeiro turno o valor chegou a R$ 70 milhões. No segundo turno, a expectativa era arrecadar mais R$ 70 milhões.

Na campanha de Dilma não houve déficit no primeiro turno: foram R$ 100 milhões arrecadados e R$ 95 milhões gastos. No segundo, a previsão de gastos subiu de R$ 147 milhões para R$ 191 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.