Divulgação
Divulgação

'Dilma' lança o 'Bolsa Mamatinha' no bloco Galo da Madrugada

Foliões fazem um percurso de seis quilômetros pelos bairros de São José e Santo Antonio, na região central da capital pernambucana

Angela Lacerda, O Estado de S. Paulo

14 de fevereiro de 2015 | 11h17

RECIFE - Travestida da presidente Dilma Rousseff (PT), a administradora Flávia Porpino fez sucesso na concentração do Galo da Madrugada, no Forte das Cinco Pontas, no Recife, ao lançar o "Bolsa Mamatinha", que vai beneficiar a todos os que não querem trabalhar.
 
O "Bolsa Mamatinha" é representado por uma bolsinha contendo uma chupeta. Ela explicou ter resolvido se fantasiar de presidente revoltada não só pelo "Petrolão". "O pacote de maldades coroou minha indignação", disse, referindo-se ao aumento de preços de produtos e impostos.

No carnaval pernambucano, Dilma encontrou o padrinho ex-presidente Lula - fantasia de José Bezerra da Silva Filho -, que carregava a mala "do mensalão", como ficou conhecido o esquema de compra de votos de parlamentares entre 2005 e 2006.

A festa se completou com a chegada do bloco Propino Brá$, com 46 componentes vestidos de frentistas de posto de gasolina, carregando mangueiras cheias de dinheiro (notas xerocadas) e cantando "Oh, Dilma, eu quero, oh, Dilma, eu quero mamar; dá a propina para Pasadena comprar".
 
"A Bolsa Mamatinha veio a calhar", disse Leonardo Miranda, de 29 anos, abrindo uma exceção ao dar entrevista. "Aqui a gente só fala se pagarem", disse, em meio à brincadeira. 

O grupo acompanha o Galo há 30 anos. Criado em 1978 por grupo de amantes do carnaval de rua e do frevo, o bloco foi considerado o maior do mundo pelo Guinness Book em 1995.

O bloco saiu às 9 horas (hora de Brasília) e faz um percurso de seis quilômetros pelas ruas dos bairros de São José e Santo Antonio, área central da cidade, com 30 trios elétricos e duração de nove horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.