Dilma oferece apoio a Cabral e a Alckmin por causa das chuvas

Governo federal vai mobilizar ministérios como o da Integração Nacional, Saúde e Desenvolvimento Social na medida em que demandas forem sendo encaminhadas pelos dois estados

Agência Brasil,

12 de janeiro de 2011 | 16h01

BRASÍLIA - A presidenta Dilma Rousseff entrou em contato nesta quarta-feira, 12, para os governadores do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e de São Paulo, Geraldo Alckmin, e ofereceu o apoio do governo federal para atender às demandas provocadas pelos estragos causados pelas fortes chuvas.          

 

 

Veja também:            

 

 

linkDezenas de mortos na Região Serrana; Rio pede ajuda à Marinha

linkGoverno federal se compremete a ajudar o Rio, diz senador fluminense

linkRio pede doação de sangue para vítimas das chuvas

linkFamília reforma casa para ser única moradora do Morro do Bumba

 

Na última sexta-feira, 7, Dilma já havia conversado com o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. Nas ligações, Dilma também manifestou solidariedade pelas mortes causadas. O governo federal vai mobilizar ministérios como o da Integração Nacional, Saúde, Defesa e Desenvolvimento Social na medida em que as demandas forem sendo encaminhadas pelos dois estados.

 

Na tarde de hoje, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, viaja para o Rio de Janeiro para sobrevoar as regiões mais prejudicadas pelas chuvas, como Teresópolis. A viagem estava prevista para amanhã, mas foi antecipada por determinação da presidenta Dilma.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.