Dilma reinaugura trecho de estrada polêmica no AM

Dilma reinaugura trecho de estrada polêmica no AM

A ministra Dilma Rousseff reinaugurou ontem um trecho de 200 quilômetros da BR-319, que liga Porto Velho (RO), a Humaitá, na divisa com o Amazonas. A estrada tem um total de 800 quilômetros e atravessa grande área de floresta, o que vem dificultando sua recuperação. Atualmente o Ibama analisa o projeto para licenciamento ambiental da obra. Para tanto, a rodovia foi dividida em lotes, sendo sua parte central a que provoca maior polêmica entre os ambientalistas.

Ana Aranda, especial para o Estado, O Estadao de S.Paulo

25 de março de 2010 | 00h00

Construída na década de 1970, a BR-319 foi projetada para ser estrada de chão batido, mas foi asfaltada, o que dificultou sua manutenção. Desde a década de 1990 ela está praticamente intransitável. Dilma disse que Lula está empenhado na recuperação da BR-319, que deverá ser transformada em "estrada-parque", para evitar fluxo migratório e desflorestamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.