Dilma veta privilégio a lojas de aeroportos

A presidente Dilma Rousseff vetou a emenda que permitiria a prorrogação, sem licitação, dos contratos de concessão de 4 mil lojas comerciais nos 67 aeroportos administrados pela Infraero até o fim da Olimpíada de 2016. Segundo a estatal, eles garantem receitas de R$ 948 milhões/ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.