Corpo de Bombeiros/Divulgação
Corpo de Bombeiros/Divulgação

Dilma visitará cidades catarinenses atingidas por tornado na segunda

Governo federal reconheceu calamidade pública em Xanxerê e situação de emergência em Ponte Serrada; nove seguem internados

Aline Torres, Especial para o Estado

24 de abril de 2015 | 14h11

FLORIANÓPOLIS - Está confirmada a visita da presidente Dilma Rousseff (PT) a Xanxerê e Ponte Serrada, cidades do oeste de Santa Catarina, na próxima segunda-feira, 27. Na agenda da presidente estão marcadas reuniões com as autoridades locais e visitas às vítimas do tornado que afetou 800 mil pessoas, segundo a Defesa Civil.

O governo federal reconheceu na manhã desta sexta-feira, 24, estado de calamidade pública em Xanxerê e situação de emergência em Ponte Serrada, as duas cidades mais impactadas pelo fenômeno, que também atingiu outros 20 municípios.

O decreto permite que os municípios recebam dinheiro da União para ações de socorro e reconstrução. Os prejuízos estão estimados em R$ 100 milhões, segundo o último relatório da Defesa Civil.

Doações chegam de todos os lugares - somente o programa Mesa Brasil Sesc entregou seis toneladas de roupas e alimentos. Já a Camerata de Florianópolis vai realizar um concerto na segunda-feira para ajudar a reconstruir Xanxerê.

Dos feridos, nove ainda estão hospitalizados. Os casos mais graves são de Gabriel Sutil, de 8 anos, e Lourdes Lima, de 63, internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Tudo o que sabemos sobre:
Santa CatarinaXanxerê

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.