Dinheiro falso chega por sedex. Polícia prende o destinatário

Após investigação iniciada em Mato Grosso, a Polícia Federal de Ribeirão Preto apreendeu, ontem, em Franca, R$ 5 mil em notas falsas - 100 cédulas de R$ 50,00 cada. O dinheiro falso, quase perfeito, estava numa embalagem de sedex, remetida de Ponta Porã (MS), e foi destinado a Milton César de Oliveira, funcionário de uma casa de jogos de Franca, preso em flagrante. Oliveira afirmou desconhecer a origem e o conteúdo do pacote, alegando que emprestou o seu nome para receber a encomenda para uma pessoa que havia conhecido recentemente. O delegado da PF, Lindinalvo Almeida Filho, não acredita na versão e investigará os mapas contábeis (com créditos e débitos discriminados) encontrados com o dinheiro falso. A suspeita é de que exista uma quadrilha especializada em derramar as notas na região, além de possível ligação com o tráfico de drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.