Dirceu defende desocupação de terreno da Volks

O ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, afirmou nesta quinta-feira que o governo pretende realocar recursos para resolver problemas de ocupações por famílias sem-teto em áreas urbanas. Ele defendeu a retirada dos invasores do terreno da Volkswagen em São Bernardo do Campo, pois o local não seria adequado para a construção de moradias. ?O melhor é cadastrar todas as famílias?, salientou. Na avaliação de Dirceu, os invasores devem, no entanto, respeitar as ?filas e sorteios? e cumprir as mesmas exigências das pessoas já cadastradas nos planos habitacionais dos bancos e instituições públicos. Ele informou que o ministro das Cidades, Olívio Dutra, se reuniu com representantes dos ministérios do Planejamento e da Fazenda, do governo de São Paulo e da prefeitura de São Bernardo do Campo em busca de umasolução para o conflito no terreno da Volkswagen. ?Não há nenhuma razão para alarme no País e para ficarmos inquietos?, disse Dirceu, referindo-se também às ocupações feitas por militantes do Movimento dos Sem-Terra. ?Esses são problemas sociais que devem ser enfrentados?, salientou.?Apesar das restrições orçamentárias, o governo sabe como e fará a realocação de recursos.? José Dirceu ressaltou que o governo não vai aceitar a violação da lei e da Constituição no campo e nas cidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.